quinta-feira, 15 de maio de 2014

Como analisar um investimento


Antes de tudo, quero dizer que o entendimento de um investimento ser bom não é universal. O que quero dizer com isto? Um investimento pode ser bom para mim e ruim para você.  Para analisarmos isto devemos ter em mente as 3 características a seguir:
  • Liquidez: é a facilidade de um ativo ser transformado em dinheiro.
  • Rentabilidade: é o valor final que se espera receber por investir o dinheiro.
  • Risco: risco é a chance de um plano seu sair do esperado, ou seja, quando você planeja algo e este não acontece.

Para analisarmos a liquidez de um investimento deveremos fazer a seguinte pergunta: 
"Em quanto tempo posso ter o meu dinheiro em mãos?"
Para analisar a rentabilidade devemos fazer a seguinte pergunta: 
"Qual o retorno que espero ter nesta aplicação financeira?
Para analisar o risco devemos fazer a seguinte pergunta: 
"Qual o risco que eu corro do investimento não ter a rentabilidade que eu espero."
Para efeito ilustrativo irei analisar a poupança.
Em quanto tempo posso ter o meu dinheiro em mãos? Na mesma hora, portanto temos uma liquidez alta. Qual o retorno que espero ter nesta aplicação financeira? O retorno da poupança está em 0,49% ao mês, o que gera 5.88% ao ano. Essa é a rentabilidade da poupança, muito baixa, porque é próxima de nossa inflação atual: 6,28% ao ano, ou seja, ao deixar o dinheiro na poupança, você na verdade está perdendo dinheiro, claro que muitos menos do que se estivesse em casa embaixo do colchão! Isso classifica a poupança com uma rentabilidade real negativa (-0,4% ao ano), tornando-a um investimento com rentabilidade baixa.

               E por fim: Qual o risco que eu corro do investimento não ter a rentabilidade que eu espero? Nenhum praticamente, pois o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) garante reembolsar até 250.000,00 reais por aplicação em caso de quebra da instituição financeira. Consequentemente, Risco baixo ou mesmo nulo!

Então chegamos a seguinte conclusão:
Poupança: Liquidez alta, Risco baixo, e Rentabilidade baixa.
Em um mundo ideal um investimento seria considerado bom se houver:
"Liquidez alta, Risco baixo e Rentabilidade alta"
Infelizmente, no nosso mundo de investimentos, os rendimentos altos estão ligados a riscos elevados e prazos longos. Este post tenta esclarecer um pouco alguns conceitos importantes a respeito de investimento, nos próximos posts pretendo falar a respeito de mercado de capitais (ações em particular).

Post feito com a ajuda do Gabriel Veronesi.